PARTO ADEQUADO
(Parto Normal ou Cesária)

O parto é a entrega do bebê ao mundo

Desde a primeira consulta do Pré-Natal, Dr. Marcello Rocco procura entender a ideia que a paciente tem sobre o momento do parto: quais suas expectativas, preferências e experiências prévias. 

Tem paciência para esperar o momento certo e disponibilidade para realizar o parto adequado, seja por cesária ou normal, com a menor intervenção possível. 

Depositphotos_130591882_original_peq.jpg

Parto Normal

O parto vaginal é o anatomicamente normal. Sabe-se que 80% a 90% dos trabalhos de parto poderiam naturalmente evoluir para esta via de nascimento, sem qualquer interferência - inclusive em gestação gemelar. O parto normal apresenta muitas vantagens, como mais segurança, melhor recuperação, maior conforto para a mulher e menor risco de infecção. Pode acontecer até a 41º semana de gestação e é indicada a Fisioterapia Pélvica para preparação. 

No final do Pré-Natal, Dr. Marcello Rocco faz a avaliação da bacia da paciente, para analisar a proporção encéfalo-pélvica (proporção entre a cabeça do bebê e a abertura da bacia da mãe). Uma desproporção nestas medidas, assim como um cordão umbilical curto/enrolado, pode ser uma das razões que levam a mulher a não ter dilatação suficiente na hora do parto, pois é a própria cabeça do bebê, empurrada pela força da gravidade e pela força das contrações uterinas, que achata o colo do útero e nele se insinua, dilatando-o. 

Ocitocina artificial, Episiotomia (técnica defendida no mundo inteiro para garantir melhor sutura e melhor resultado) e Anestesia de Duplo-Bloqueio (indicada de acordo com o limiar de dor da paciente) são recursos importantes que podem ser usados no parto normal. 

Parto Cesariano

O parto por cesária (cesariano), com porte cirúrgico, representa uma via importante que veio somar em muitos casos e evitar complicações obstétricas e manobras de risco. É o parto recomendado diante de certas condições, como bebê em posição pélvica (bebê sentado), gestação de alto risco com bebês prematuros, com restrição de crescimento intrauterino, descolamento prematuro de placenta e outras, sendo muitas vezes indicado em situações de emergência (cesária de emergência). Pode ser indicada na 39º-40º semana de gestação.

Tire todas as suas dúvidas em uma consulta clínica de avaliação e orientação.

 

Consulta particular/reembolso.

Aceitamos cartão de crédito com parcelamento, exceto em teleconsultas. 

Orientamos o processo de reembolso

WhatsApp-icone-3.png