TRATAMENTO DA INFECÇÃO URINÁRIA

É COMUM MULHER TER INFECÇÃO URINÁRIA?

A cistite, ou infecção urinária baixa, é muito frequente em mulheres sexualmente ativas, aumentando bastante sua incidência na presença de cálculo renal e/ou gravidez. É caracterizada pela presença de bactérias na bexiga, apresentando sintomas bastante variados, sendo os principais: ardor para urinar, dor tipo cólica e pontada em baixo ventre, além de aumento na frequência urinária e urgência para urinar.

GRÁVIDAS PODEM TOMAR ANTIBIÓTICO?

Grávidas: devido a diversas alterações típicas e normais da gestação, como alteração no ângulo entre uretra e bexiga e diminuição da imunidade, as gestantes costumam apresentar uma taxa de infecção urinária e/ou cistite ainda maior que as mulheres não grávidas. Também apresentam sintomas como dor pélvica em baixo ventre, sendo mais raro ter disúria, ou ardor no canal para urinar. Sempre importante procurar atendimento médico se possuir tais sintomas, inclusive no Pronto Socorro da Maternidade se necessário.

 

Importante frisar que o diagnóstico de infecção urinária é clínico, ou seja, confirmado através de história de sinais e sintomas; portanto, mesmo que o exame de Urina 1 esteja normal o médico deve tratar como cistite (infecção urinária), se os sintomas forem fortemente sugestivos, prescrevendo antibióticos adequados, que possam ser utilizados por gestantes normalmente. O tratamento de escolha é sempre com antibióticos, devido ao risco de Trabalho de Parto Prematuro, que tem como principal causa as cistites ou infecção urinária.

 

Tire todas as suas dúvidas em uma consulta clínica de avaliação e orientação.

 

Consulta particular/reembolso.

Aceitamos cartão de crédito com parcelamento, exceto em teleconsultas. 

Orientamos o processo de reembolso

 

WhatsApp-icone-3.png