1/1

PASSE COM MÉDICO ESPECIALISTA EM ENDOMETRIOSE

O que é

Endometriose?

A Endometriose é uma doença que se caracteriza pela presença de células do endométrio (tecido que reveste o útero) fora da cavidade uterina.

Acomete principalmente o peritônio (tecido fino que recobre órgãos da pelve), ovários, miométrio (causando adenomiose), tubas uterinas, bexiga, intestino grosso e ureter. Tem como principais sintomas cólica menstrual, dor no ato sexual, ardor para urinar e dor pélvica crônica; por outro lado a dismenorréia (cólica menstrual) está presente apenas em 50% dos casos confirmados de Endometriose em adolescentes.

 

ENDOMETRIOSE.jpg

Cada mulher lida com dúvidas e expectativas, com problemas e superações, que merecem todo cuidado e consideração. Faz toda diferença contar com um médico que respeite essa individualidade.

A importância do

Diagnóstico Precoce de Endometriose

 

Nossa equipe de médicos ginecologistas especialistas em Endometriose nunca subestima a dor da paciente e sempre considera Endometriose como uma possível causa de dor pélvica cíclica importante.

Durante a consulta, o médico conversa com a paciente para entender sua história, fazendo uma anamnese completa e detalhada antes de exame clínico e ultrassonográfico. A dor pode ser tratada com terapia hormonal (pílulas anti-concepcionais) e/ou analgésicos / anti-inflamatórios. São planejadas visitas frequentes ao médico ginecologista para reavaliações e exames complementares de imagem. 

 

Quando necessária, a cirurgia para endometriose é minimamente invasiva, feita por videolaparoscopia, através de pequenas incisões no abdômen para remoção de todos os focos visíveis da doença. Normalmente, indicamos e realizamos a cirurgia em casos de endometriose profunda em que o tratamento medicamentoso não deu resultados, em casos graves em que há iminência de obstrução intestinal ou dos rins e ​em caso de dificuldade para engravidar.

A Endometriose pode acontecer

na Adolescência

 

Na adolescência, as lesões endometrióticas são diferentes do que na idade adulta. Além disso, as jovens raramente apresentam a Endometriose profunda infiltrativa (lesão que penetra mais que 5mm). A videolaparoscopia possibilita um diagnóstico precoce mais frequente na adolescente com dor pélvica resistente ao tratamento com pílulas anticoncepcionais e analgésicos, sendo confirmado a doença em 50% a 65% desse grupo de mulheres.

Sabemos que até 60% das mulheres diagnosticadas com Endometriose relatam que os sintomas da doença começaram antes dos 20 anos de idade. 

Sinais de alerta para investigar Endometriose na adolescência:

  1. Uso prolongado de anti-inflamatório não esteroidal e de pílulas anticoncepcionais antes de 18 anos de idade para tratamento de cólica menstrual intensa;

  2. História familiar de Endometriose;

  3. Falta escolar mais frequente no período menstrual.

Quem tem endometriose

não consegue engravidar?

 

A mulher com Endometriose pode sim ter dificuldade para engravidar. Apesar de ser ainda considerada uma doença misteriosa por não ter uma causa definida, sabe-se que além de dor pélvica crônica, a paciente com Endometriose pode apresentar dificuldade para engravidar e até mesmo esterilidade, sendo em muitos casos necessário a técnica da Reprodução Assistida, como inseminação artificial ou fertilização in vitro.

Porém, na grande maioria dos casos de Endometriose, a paciente engravida sem ao menos saber do diagnóstico ou após tratamento clínico e/ou cirúrgico da doença. 

Tire todas as suas dúvidas em uma consulta presencial ou telemedicina.

Consulta particular/reembolso.

Aceitamos cartão de crédito com parcelamento, exceto em teleconsultas. 

Orientamos o processo de reembolso

 

WhatsApp-icone-3.png